Mundo

Após tratar vários pacientes com covid-19, médica comete suicídio

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias de Portugal

Lorna M. Breen, foi uma das profissionais de saúde que tratou de vários pacientes com covid-19. A médica também era directora do serviço de urgência de um hospital em Manhattan, em Nova Iorque.

De acordo com o ‘The New York Times’, Lorna pôs fim à sua própria e valiosa vida. A médica, ao que foi revelado nesta terça-feira, teria contado ao pai o drama que estava a viver numa das cidades mais afectadas por este novo vírus.

No domingo, Lorna acabou por falecer com ferimentos que ela mesma a fez num hospital em Virgínia, revelou a polícia local à imprensa.

“Ela tentou fazer o seu trabalho e isso matou-a”, revelou o pai de Lorna.

“Dos meus quatro filhos – bem agora três – ninguém previa que Lorna estivesse a passar por um momento destes”, disse o pai da médica de 49 anos.

Ainda, o hospital em que a médica trabalhava declarou “que trouxe os mais altos ideais da medicina para as desafiantes linhas de frente do departamento de emergência”.

Gostou do Artigo ?
Subscrever Notícias de Portugal

Comentários